Após trinta anos de ver juntos programas de televisão o marido disse a mulher: 

“Vamos esta noite fazer alguma coisa bem mais emocionante”

Os olhos dela brilharam, pensando numa noite fascinante na cidade.

“Fantástico”, disse ela, “e o que faremos?”

“Vamos trocar de sofá.”

As vezes é só isso que importa pra você. Trocar de sofá. Você não faz nada pra ninguém? Só pensa em si mesmo e naquilo que te satisfaz. Você acha que trocar de sofá vai fazer alguma diferença para aqueles que convivem com você? 
Pra você pode ser o suficiente, contudo, para quem está ao seu lado, é algo tão sem sentido quanto enxugar gelo.
Diz o pai do liberalismo clássico John Locke: “Sempre considerei as ações dos homens como as melhores intérpretes de seus pensamentos.”
Se a única ação que você pratica é trocar de sofá, torna-se perceptível sua estagnação de pensamentos e ideias e, a única interpretação que os outros podem fazer é a de que você está vegetando. Ressuscite! Mexa-se!