Um Panorama Do Brasil-Covid

O Panorama do Brasil-Covid

Tudo o que escrevi aqui hoje é um resumo de aproximadamente 1 hora e 20 minutos de um programa que o cientista brasileiro Marcelo Gleiser tem no Youtube chamado Papo Astral. Nesse episódio ele entrevistou nada mais nada menos que o médico e neurocientista brasileiro Dr. Miguel Nicolelis.

Marcelo Gleiser é Físico, astrônomo, professor, escritor e roteirista brasileiro, atualmente pesquisador e professor da Faculdade de Dartmouth, nos Estados Unidos, nascido no Rio de Janeiro.

O Dr. Miguel Nicolelis é médico, neurocientista, formado em medicina pela USP pesquisador numa das mais importantes universidades dos Estados Unidos, a Universidade de Duke, na Carolina do Norte.

Terminadas as apresentações vamos ao resumo do programa em que a ideia principal era saber sobre como a pandemia está arrasando nosso país. Infelizmente não pude resumir muito os pontos principais para ficar fácil a leitura, mas vale a pena perder uns minutos para entender um pouco sobre as ações da pandemia no Brasil e suas consequências.

Quero destacar 5 pontos para esse 

  1. “Nós somos uma nau de leprosos, sem comandante, sem rumo, cercado por um oceano de mutações do coronavírus.” – Dr. Miguel Nicolelis.

Isso mostra bem o desespero dos médicos que narrei no podcast Não Obsta Nada, Episódio 13. Se quiser ouvir tem o link no final da frase anterior ou no corpo do post, no final da página.

  1. A Pfizer ofereceu ao Brasil em novembro de 2020, preferencialmente, 70 milhões de doses de vacina. O governo não aceitou a proposta porque haviam cláusulas contratuais que, segundo especialistas brasileiros, eram abusivas. Ora, são cláusulas contratuais que todo e qualquer país civilizado cumpre. Só o nosso suposto presidente com suas ideias absurdas e seus vassalos não querem seguir tal procedimento de contrato. 

Pois bem, dessa forma, outros países entraram no jogo em que, até aquele momento, o dono da bola e das camisas era o Brasil. Hoje nós somos, talvez, o segundo reserva de quaisquer posições.

Estamos à mercê de uma política de um executivo, ainda negacionista, mesmo depois de 345 mil mortes pelo coronavírus.

  1. O Canadá e os Estados Unidos são os únicos países do mundo com excedente de vacinas.

Cientistas brasileiros junto com o Congresso Nacional e STF montaram uma comissão para tentar negociar os excedentes de vacina nesses países. Por que o executivo não entrou nessa comissão? A resposta é muito clara: o executivo além de ser negacionista faz chacota com uns dos piores tipos de morte que pode existir, segundo o médico e cientista brasileiro Miguel Nicolelis.

  1. Pela primeira vez na história do Brasil, algumas regiões apresentam mais óbitos do que nascimentos. Houve 126 mil nascimentos/mês em 2019 e 46 mil em março deste ano, ou seja, são 67% de perda nesse diferencial nascimentos/óbitos. De acordo com os dados, se se confirmarem, o Brasil, em abril, terá mais óbitos do que nascimento.

Isso impactará o Brasil do futuro.

  1. O Brasil possui a maior rede de hospitais do hemisfério sul e mais, os hospitais de São Paulo competem diretamente com hospitais americanos em termos de atendimento, não deixando nada a desejar. Mas, nos hospitais de São Paulo, 70% dos pacientes intubados estão morrendo. Em Alagoas chega a 91% de óbitos

E o mais terrível: temos o recorde mundial de morte de gestantes e recém nascidos, por covid-19.

Deixe seu comentário, sua sugestão e sua crítica. 

luciano.cardozo